Congregação

Leigos
O laicato rogacionista tem suas origens nas iniciativas apostólicas de santo Aníbal Maria Di Francia. De fato, foram as crianças e os pobres de Avignone, os primeiros a se associarem à oração pelas vocações. Em seguida, Padre Aníbal compreendeu que toda a Igreja deveria ser investida nesta missão de rezar pelas vocações e com esse objetivo, em 1900 instituí a Pia União da Rogação Evangélica. Para responde ao divino mandamento do Rogate, juntamente com a instituição das duas Congregações religiosas das Filhas do Divino Zelo e os Rogacionistas, Padre Aníbal quis uma “união de fieis” mais ampla, que envolvesse todos os cristãos, para que a oração pelas vocações se difunda e seja praticada em todos os lugares. Uma grande intuição, uma abertura profética no campo eclesial, vivida e trabalhada em um período histórico em que a Igreja, com o Vaticano I, tinha focalizado a atenção para a hierarquia eclesiástica e os serviços dentro dela.

Na intenção de fazer universal a oração pelas vocações, Padre Aníbal direciona a atenção para a toda Igreja e em particular aos leigos. Para tal fim, segundo a realidade do período, deu início a uma Pia União que era composta de sacerdotes, religisos e leigos, unidos pelo mesmo ideal. Em seguida, os eventos das duas Congregações (Filhas do Divino Zelo e Rogacionistas), seguidos de vários Capítulos Gerais, testemunharam com a realidade da Pia União viveu altos e baixos, caracterizado de fortes pressões de revitalização, tentativas de renovamento e também momentos esquecimento. Após um encontro organizado por ocasião do Primeiro Centenário da instuição da Pia União, os Governos Gerais das Filhas do Divino Zelo e dos Rogacionistas elaboraram o projeto para a organização e ressurgimento da União de Oração pelas Vocações. De maneira diferente, a União de Oração está presente em todos os continentes onde estão as Filhas do Divino Zelo e os Rogacionistas.

Para conhecer melhor esse movimento acesse o site www.vocations.it

Datas Próprias da Família do Rogate
• 31 de janeiro – Santíssimo Nome de Jesus
• 01 de fevereiro – São João Bosco, sacerdote
• 19 de março – São José, Esposo da Bem Aventura Virgem Maria
• 01 de junho – Santo Aníbal Maria Di Francia, sacerdote
• 02 de junho – São Justino, mártire
• 13 de junho - Santo Antônio de Pádua, sacerdote e doutor
• 16 de junho - Nossa Senhora do Monte Carmelo
• 29 de setembro – São Miguel, arcanjo
• 08 de dezembro – Imaculda Conceição
• Sexta feira após o II domingo depois de Pentecostes – Sacratíssimo Coração de Jesus
• Sábado após o IV domingo da Páscoa – Maria Rainha e Mãe do Rogate


Missas Votivas
• Santíssima Eucaristia
• Virgem Maria Mãe dos Órfãos
• Nossa Senhora da Salete
• São Miguel Arcanjo
• Santo Antônio de Pádua
• Santo Aníbal Maria Di Francia




Instituto das Filhas do Divino Zelo
Rua Florianópolis, 1560 - Praça Seca - Rio de Janeiro - RJ
Tel: (21) 2425-4291
contato@fdz.org.br