Congregação

RCJ
“Jesus começou a percorrer todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, proclamando a Boa Nova do Reino e curando todo tipo de doença e de enfermidade. Ao ver as multidões, Jesus encheu-se de compaixão por elas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse aos discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para sua colheita!”

Estas palavra evangélicas constituem a fonte e o coração da vida e da missão dos Rogacionistas. O ideal de viver a compaixão de Jesus pelas multidões abandonadas como ovelhas sem pastor e o zelo em obedecer ao mandamento de rezar ao Senhor da messe, amadureceram no coração do sacerdote Aníbal Maria Di Francia (Messina 1851-1927) a inspiração carismática de fundar uma nova Congregação religiosa (16 de maio de 1897), à qual, depois de atenta e inspirada busca, no dia 15 de setembro de 1901 deu o nome de Rogacionistas do Coração de Jesus (do latim rogare=rezar), confiando assim aos seus filhos a missão da oração pela messe privada dos operários e da incansável caridade para os pobres, especialmente crianças e jovens.

A Igreja reconheceu a obra do Espírito em Aníbal com a aprovação das Constituições no dia 06 de agosto de 1926 e com o Decreto de Louvor em 15 de fevereiro de 1958.

A Congregação dos Rgacionistas do Coração de Jesus é um Instituto religioso clerical de vida apostólica, de direito pontíficio, cujos membros, sacerdores e irmãos leigos, além dos votos de castidade, pobreza e obediência, próprios da vida consagrada, professam uma quanto voto especial para viver o carisma deixado por Padre Aníbal.

O carisma dos Rogacionistas é a inteligência e o zelo das palavra do Senhor: A messe é grande, mas os operáriios são poucos! Pedi ao Senhor da Messe, para que envie operários para a sua messe (Mt 9, 38).

Os Rogacionistas atuam com o seu carisma na missão de:
1. Rezar diariamente por todas as vocações da Igreja;
2. Difundir em todos os lugares o espírito de oração e promover as vocações;
3. Ser bom operário para o advento do Reino de Deus, trabalhando pelo bem espiritual e temporal do próximo, a partir dos ensinamentos e do exemplo de nosso Fundador, na educação e santificação das crianças e dos jovens, especialmente pobres e abandonados, e na evangelização, promoção humana e socorro dos pobres.

Os Rogacionistas hoje estão presente em todo o mundo (Itália, Espanha, Polônia, Albania, Brasil, Argentina, Paraguai, México, Estados Unidos, Rwanda, Camarões, Índia, Filipinas, Corea do Sul, Vietnam, Papua Nova Guinea) com o seu apostolado específico: centros de espiritualidade vocacional e de difusão da oração pelas vicações, misões, paróquias, oratórios, santuários, escolas de diversas ordens e graus, colégios, institutos para portadores de deficiência, casas-famílias para menores, centros sociais para acolhida e cuidado dos pobres e marginalizados, centros nutricionais e para o cuidado da saúde.

Para saber mais clique aqui www.rcj.org



Instituto das Filhas do Divino Zelo
Rua Florianópolis, 1560 - Praça Seca - Rio de Janeiro - RJ
Tel: (21) 2425-4291
contato@fdz.org.br